EM CHAPADA DOS GUIMARÃES

Michele divulga áudio de Neri Geller confirmando dinheiro para feira e acusa Thelma de espalhar notícias falsas

Candidata refutou as declarações da prefeita que a acusou de mentir sobre emendas parlamentares.

Redação: Notícias da Baixada | 28/09/2020 - 15:38
Michele divulga áudio de Neri Geller confirmando dinheiro para feira e acusa Thelma de espalhar notícias falsas

A candidata a prefeita Michele do Banco (PP) refutou as declarações da prefeita Thelma de Oliveira (PSDB) que a acusou de mentir sobre emendas parlamentares destinadas à construção da Feira Municipal da Agricultura Familiar de Chapada dos Guimarães.

No início da noite deste domingo (27), primeiro dia de campanha, Michele divulgou um áudio do deputado federal Neri Geller (PP) afirmando que aportou sim R$ 1,2 milhão para a obra. Segundo ele, a emenda destinada a feira foi  para atender solicitações de Michele, enquanto vereadora.

"Eu coloquei R$ 1,2 milhão da Secretaria de Agricultura Familiar, para atender o pedido da Michele, o resto foi o Avalone e o Paulo Araújo,  cerca de R$ 200 mil", explicou o deputado Neri.

Saiba mais:

Mais cedo, Thelma de Oliveira disse que esse dinheiro “não existe dentro da prefeitura. Ele deve ter colocado em outros projetos, e até para outros municípios. Não tem a emenda dele dentro do sistema. A vereadora está sendo injusta e está mentindo. Porque até hoje Neri não colocou um centavo para nossa feira”, disse Thelma.

FAKE NEWS

Michele lamentou a postura da atual prefeita por supostamente disseminar notícias falsas já no primeiro dia de campanha para as eleições municipais. "Daí a gente já imagina a linha e o nível que vão ter durante esses dias de campanha. Nós, candidatos, temos que nos preocupar em apresentar projetos e soluções à população e não ficar produzindo fake news, é uma pena ter que usar o espaço da mídia para responder", disse à candidata.

Michele também salientou que "foi por isso também que decidiu se candidatar". Segundo a vereadora, ela conseguiu trazer cerca de R$ 2 milhões para o município de Chapada. Com esses recursos teria sido possível comprar equipamentos para o funcionamento da UPA, como os respiradores. Ela diz que o restante será aplicado na construção do novo espaço da feira e em duas escolas de Chapada.

FALTA DE COMPETÊNCIA

Ela explica que Chapada poderia ter recebido muito mais recursos de emendas e de outras fontes, mas o município está inadimplente com a União. "A gestão da Thelma não teve competência para tirar o município da inadimplência, não temos certidão, por isso não foi possível trazer mais recursos", salientou Michele. 

Fonte: FolhadeChapada