EM CUIABÁ

Novo decreto estende horário de funcionamento do comércio e diminui período do toque de recolher na capital

Cuiabá está com risco moderado para disseminação do novo coronavírus.

Redação: Notícias da Baixada | 04/08/2020 - 09:33
Novo decreto estende horário de funcionamento do comércio e diminui período do toque de recolher na capital

Um novo decreto assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), nessa segunda-feira (3), estende o horário de funcionamento do comércio em Cuiabá e diminuiu o período do toque de recolher. O novo documento também liberou o funcionamento bares, restaurantes e congêneres de rua aos domingos e feriados.

Conforme o documento, o toque de recolher passa a vigorar das 23h às 5h. O novo horário será entre os dias 5 e 23 deste mês.

Segundo o prefeito, a ação já estava prevista no plano estratégico de retomada gradual das atividades econômicas de Cuiabá.

De acordo com as novas medidas, as distribuidoras de bebidas passam a funcionar de segunda-feira a sexta-feira, das 11h às 21h, e nos sábados, domingos e feriados, das 9h às 21h, vedado o consumo no local.

No decreto anterior, os estabelecimentos estavam liberados a abrir as portas de segunda-feira a sábado, das 12h às 21h, e nos domingos e feriados o atendimento era autorizado apenas mediante delivery.

Já os bares, restaurantes e congêneres, que antes abriam das 11h às 21h, de segunda a sábado, e apenas delivery aos domingos e feriados, passam a funcionar de segunda-feira à sábado, das 11h às 22h, e aos domingos e feriados das 11h às 16h.

No entanto, nos shopping centers, os atendimentos presenciais aos domingos e feriados continuam vedados, sendo permitido apenas o serviço de delivery.

Outro setor atingido é o de comércio varejista nos shoppings centers, que funcionava de segunda a sábado, das 11h às 21h. Agora, o horário de atendimento ao público foi alterado para das 11h às 22h, continuando, aos domingos e feriados, permitida a atuação somente por meio de delivery.

Contaminação em Cuiabá

Conforme o último boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), a capital está com risco moderado para disseminação do novo coronavírus.

Até essa segunda-feira (3), Cuiabá registrava 12.297 casos confirmados daCovid-19 de residentes no município e 2.416 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital. Dos confirmados, 2.744 já estão recuperados da doença e houve 573 óbitos de residentes e 268 de não residentes.

  

Fonte: G1MT