JUSTA HOMENAGEM

ANTONIO RIBEIRO TORRES

Redação: Notícias da Baixada | 26/07/2020 - 13:00
ANTONIO RIBEIRO TORRES *Sebastião Ferreira Leite



Através do afamado ortopedista doutor Marcelo Torres fiquei sabendo que Antônio Ribeiro Torres era prefeito de Barão de Melgaço. Temos origens comuns. As de Dr. Ribeiro mais pertas e minhas remotas. Somos todos baianos. Gostamos das mesmas comidas, por exemplo feijoada de osso de  corredor. Rosana, minha esposa e. Eu gostamos muito de Ribeiro e D. Maria das Graças.

Comunicador nato e pescador apaixonado, Antônio Ribeiro Torres apaixonou-se por Barão de Melgaço. Minha relação com Barão foi antes de nascer. Meus pais casaram no Cartório de Dona Wadú. Minha tia Irene (nhaga) foi parteira emérita de inúmeros nascimentos na beira do rio. Meus amados primos Walter, Joaci, Tião, Dominguinhos, Tião Rádio, Aninha, Dita, Léo, Domingas sempre foram enraizados e apaixonados por essa terra querida.

De pescador a prefeito Antônio Ribeiro Torres enfrentou muitas dificuldades. Administrador competente e empresário nato, enfrentou as dificuldades para governar a ingovernável Barão de Melgaço. O Poder Legislativo Municipal é uma instituição antiga e de difícil governo. Barão de Melgaço alaga 90% de seu território. Em algumas situações para chegar ao limite de seu território é preciso atravessar o rio Cuiabá, São Lourenço e Piquiri, ou então, cruzar os municípios e Sto Antônio, Cuiabá, Jaciara, Juscimeira, São Pedro da Cipa e Rondonópolis para chegar ao destino final.

Portanto, as dificuldades de administrar Barão de Melgaço são imensas e inúmeras. Pára chegar a São Pedro da Joselândia, na época da chuva é quase um dia. Transporte escolar, saúde, transporte, coleta de lixo, distribuição de água, enfim, os serviços essenciais são de dificílima execução. Para construir um Centro Social Comunitário Dr. Ribeiro teve que recorrer a uma Medida Provisória, previsto na Lei Orgânica do Município.

Sou testemunha que Ribeiro Torres enfrentou com galhardia, respeito, lhaneza e espírito público o desafio de administrar Barão de Melgaço até o final. Os desafios adversos não contaminaram sua tranquilidade.

Nestes tempos difíceis não tivemos oportunidade de despedir de você Ribeiro. Prometo que faremos um show em sua homenagem em Barão de Melgaço, ao som da sanfona de Olímpio. A sua partida para o céu vai ser comemorada. A tristeza da sua morte nos faz acreditar que Deus chama os bons para sua glória eterna. Viva o homem, o pai, o amigo RIBEIRO TORRES!

*Sebastião Ferreira Leite

 

Fonte: *Sebastião Ferreira Leite