GOVERNO DE MT

Secretaria de Cultura disponibiliza publicações raras de Rondon em comemoração ao aniversário dele

Relatório, que pode ser consultado gratuitamente, é considerado por pesquisadores como uma obra raríssima. O documento foi inteiramente escrito pelo próprio Marechal Rondon ao liderar a ‘Comissão de Linhas Telegráficas Estratégicas de Mato Grosso

Redação: Notícias da Baixada | 06/05/2020 - 18:56
Secretaria de Cultura disponibiliza publicações raras de Rondon em comemoração ao aniversário dele

A Secretaria Estadual de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) disponibilizou para download o primeiro volume dos relatórios da produção científica da Comissão Rondon, com obras raras de Marechal Cândido Mariano da Silva Rondon, em homenagem aos 155 anos dele, completados nessa terça-feira (5).

A obra foi publicada em 2015 com o apoio da então Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso e liberada para consulta e download gratuitos no site da Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça. Mato-grossense do distrito de Mimoso, em Santo Antônio de Leverger, Marechal Rondon é uma das personalidades mais homenageadas no Brasil, dando nomes a cidades, rodovias, ruas, escolas, aeroporto, prédios públicos e o estado de Rondônia.

O dia do aniversário é também o Dia Nacional das Telecomunicações, estabelecido em sua homenagem. De acordo com a Secel-MT, o relatório disponibilizado ao público é considerado por pesquisadores e brasilianistas como uma obra raríssima.

O documento foi inteiramente escrito pelo próprio Marechal Rondon ao liderar a ‘Comissão de Linhas Telegráficas Estratégicas de Mato Grosso ao Amazonas’. Instituída em 1907 na gestão do presidente Afonso Pena, a expedição conhecida como ‘Comissão Rondon’ teve o objetivo de fazer as linhas telegráficas alcançarem a região amazônica. Marechal Rondon completaria 155 anos nessa terça-feira (5).

O relatório científico integrou o projeto ‘O Brasil pelos brasileiros’, também disponível para download, coordenado pelos servidores da Secel Fernanda Quixabeira e Luciwaldo Pires de Ávila, com a curadoria da profa. Dra. Elizabeth Madureira Siqueira, da Academia Mato-grossense de Letras (AML) e Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso (IHGMT).

O projeto resgatou 86 publicações raras resultantes das expedições organizadas por Cândido Rondon, em décadas de trabalho desde a expedição em 1907. Ainda de acordo com a secretaria, a leitura das publicações possibilita uma visão do projeto humanista empreendido por Rondon e proeminentes cientistas, brasileiros e estrangeiros, que o acompanhava nas viagens.

Com trabalhos nas áreas de linguística, cartografia, botânica, geologia, zoologia, antropologia e etnografia, as obras trazem as três frentes integradas de ação: a implantação de linhas telegráficas e estratégicas, o Serviço Nacional de Proteção aos Índios, e as expedições científicas, com destaque para a realizada com o presidente norte-americano Theodore Roosevelt.

Fonte: G1MT