Notícias e Informações em tempo real dos municípios que compõem a região da Baixada Cuiabana
MATO GROSSO

Deputado Max vira protagonista na disputa ao Senado reunindo lideranças do Estado

Redação: Notícias da Baixada | 13/01/2020 - 12:40
Deputado Max vira protagonista na disputa ao Senado reunindo lideranças do Estado

A vaga no Senado Federal que surgiu com a cassação da senadora Selma Arruma (Pode-MT), está movimentando totalmente o cenário político, com resultados que vão influenciar diretamente todas as eleições deste ano, até a de 2022, como a disputa pela presidência da Assembleia Legislativa, para vereadores, prefeitos, como também, para o governo do estado e a sucessão dos deputados.

De acordo com informações de bastidores de dentro da Assembleia Legislativa, cogita-se a formação de um grande grupo, com nomes de pesos, apoiando a pré-candidatura a vaga no Senado Federal, do deputado estadual Max Russi (PSB).

Mudando todo cenário político em Mato Grosso.

Hoje, o deputado Max é apontado como o principal nome para suceder o presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho (DEM), na próxima eleição da Mesa Diretora, no final de 2020.

O problema é que Botelho está com os dias contados para assumir uma vaga de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, e quem deve assumir a presidência da Casa de Leis, até a próxima eleição, programada o final deste ano, é a vice-presidente, deputada Janaina Riva (MDB).

Segundo dados dos bastidores da política, a deputada Janaina Riva, que não faz parte do grupo da atual gestão do estado, não seria a pessoa indicada para gerir a Assembleia, desta forma o deputado Max Russi, que desde o início no ano, demonstrou habilidade política e administrativa, teve seu nome em destaque, virando o preferido das principais lideranças política, para assumir a presidência da Casa de Leis de Mato Grosso.

“A deputada Janaina Riva na presidência da Assembleia ganharia mais musculatura política, virando a principal concorrente nas eleições de 2022, podendo atrapalhar os interesses do governador Mauro Mendes”.

Hoje, com o nome sendo cogitado para concorrer a vaga no Senado Federal, Max já teria recebido convite para participar de reuniões, com lideranças política do Estado, que teriam diversos interesses em apoiar a sua candidatura.

Neste caso, um grupo composto pelo senador Wellington Fagundes (PR), deputada Janaina Riva (MDB), o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), o deputado federal Emanuelzinho Pinheiro (PTB), e as principais lideranças do DEM-MT, teriam interesse que o deputado Max conquistasse esta vaga no Senado.

“Só dentro da Assembleia Legislativa, Max já contaria com o apoio de 13 deputados”.

Nos últimos dias, a imprensa de Mato Grosso publicou várias matérias mostrando que deputado Max manifestou interesse em disputar a vaga ao Senado. De acordo com assessoria do deputado, algumas reuniões com a base do parlamentar já foram realizadas, para comunicar o próximo desafio que o grupo poderá enfrentar.

O outro lado da moeda...

Sendo confirmado todos esses apoios para uma pré-candidatura ao deputado Max, para disputar uma vaga no Senado Federal, Russi vira um dos principais nomes desta disputa, desagradando muita gente, até o governador do estado, já que terá que enfrentar como presidente da Assembleia Legislativa, a deputada Janaina Riva.

De acordo com informações de bastidores, este mesmo grupo que está articulando a candidatura do deputado Max, já estaria elaborando prospectivas tanto para a eleição da Mesa Diretora da Assembleia, como também, preparando um nome para disputar as eleições de 2022.

Independente de qual seja o caminho tomado, os acontecimentos dos últimos dias mostram que o deputado Max virou uma peça decisiva, com o poder de redesenhar, o cenário da política em Mato Grosso.

Governador Mauro Mendes sem “barba para colocar de molho”.

Hoje, com uma verdadeira crise política, maestria, sapiência e astúcia, são palavras que devem predominar o cotidiano daqueles que orientam o governador nos próximos dias, já que suas ações vão influenciar diretamente as próximas eleições.

A eminencia de um racha no grupo político do governador é real, resta saber quem será beneficiado ou excluído. 

Fonte: Lauro Nazário