Notícias e Informações em tempo real dos municípios que compõem a região da Baixada Cuiabana
EMPACADO NA ASSEMBLEIA

Deputados aguardam estudos para votar projeto que proíbe a pesca por 5 anos

Redação: Notícias da Baixada | 08/01/2020 - 23:42
Deputados aguardam estudos para votar projeto que proíbe a pesca por 5 anos
O projeto do Governo do Estado que regula as atividades pesqueiras no Estado e proíbe o transporte de peixes por 5 anos, conhecido como Cota Zero, voltará às discussões na Assembleia Legislativa em fevereiro.
O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), aguarda o resultado de um estudo técnico sobre o impacto da proposta para reiniciar as discussões sobre o tema com os deputados.
Em entrevista ao Bom dia Mato Grosso, da TV Centro América, nesta quarta-feira (08), Botelho contou que a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) não tinha esses dados e os deputados estavam temorosos em votar o projeto.
“Devemos retornar nesse assunto o mais breve possível, inclusive, já estamos trabalhando, não paramos. Contratamos uma empresa especializada para fazer um estudo técnico que a Sema não tinha, por isso, paralisamos essas votações. A Sema não tendo esse estudo ficava difícil para os deputados tomarem qualquer posicionamento. Então, depois disso, a empresa deve levar uns 60 dias, talvez 90 dias, para terminar e, aí sim, retornaremos a discussões e votações em cima da Cota Zero”, ressaltou durante a entrevista.
 
O projeto do Governo do Estado que regula as atividades pesqueiras no Estado e proíbe o transporte de peixes por 5 anos, conhecido como Cota Zero, voltará às discussões na Assembleia Legislativa em fevereiro.
O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), aguarda o resultado de um estudo técnico sobre o impacto da proposta para reiniciar as discussões sobre o tema com os deputados.
Em entrevista ao Bom dia Mato Grosso, da TV Centro América, nesta quarta-feira (08), Botelho contou que a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) não tinha esses dados e os deputados estavam temorosos em votar o projeto.
“Devemos retornar nesse assunto o mais breve possível, inclusive, já estamos trabalhando, não paramos. Contratamos uma empresa especializada para fazer um estudo técnico que a Sema não tinha, por isso, paralisamos essas votações. A Sema não tendo esse estudo ficava difícil para os deputados tomarem qualquer posicionamento. Então, depois disso, a empresa deve levar uns 60 dias, talvez 90 dias, para terminar e, aí sim, retornaremos a discussões e votações em cima da Cota Zero”, ressaltou durante a entrevista.
 
 

 

Fonte: Reporter MT