Notícias e Informações em tempo real dos municípios que compõem a região da Baixada Cuiabana
OPERAÇÃO NA PREFEITURA DE ACORIZAL

Clodoaldo Monteiro de "salvador da Pátria a investigado número 1"

Redação: Notícias da Baixada | 22/10/2019 - 17:35
Clodoaldo Monteiro de

A cidade de Acorizal, município localizado a cerca de 70km da Cuiabá, acordou movimentada, na manhã desta terça-feira (22), com a intervenção por parte do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso - TCE, Delegacia Fazendária e Polícia Civil, que de surpresa, adentraram na Prefeitura para fiscalização.

Segundo informações de moradores que presenciaram o momento da intervenção, os fiscais e policiais entraram na Prefeitura e pediram para todos os funcionários saírem dos seus postos de trabalho, deixando tudo como estava, para que fosse fiscalizado.

Eles chegaram e pediram para deixar tudo como estava, falaram para a gente sair da sala e esperar lá fora, algumas pessoas deixaram até o telefone”, disse um colaborar que pediu para não ser identificado, temendo por sua integridade física.

Populares disseram que a movimentação fora da Prefeitura estava grande, era gente indo para todo lado, e cerca de uma hora depois, os ficais e policiais chamaram os funcionários para entrar na Prefeitura. Investigações na Justiça: Na semana passada, o prefeito da cidade Clodoaldo Monteiro (PSDB) foi condenado pelo Tribunal de Contas por diversas irregularidades, uma delas é o não repasse de verbas ao Fundo Próprio de Previdência Municipal.

“Estima-se que o rombo nos cofres públicos, só da previdência municipal é entorno de R$ 500 mil, meio milhão de reais”. O prefeito é também investigado por supostas irregularidades de lavagem de dinheiro com a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP).

De acordo com os bastidores, durante esta manhã, colaborares e ex-colabores que foram contratados via a OSCIP foram intimados para prestarem esclarecimento.

“Intervenção da justiça na Prefeitura de Acorizal vai durar três dias”. Clodoaldo Monteiro já foi afastado do cargo de prefeito, quando passou 15 dias fora da prefeitura, e foi reconduzido pela justiça.

Após a condenação pelo Tribunal de Contas, com as contas reprovadas, com as diversas denúncias de irregularidades, e agora com e essa intervenção da justiça para realizar investigações sobre a gestão, os moradores aguardam uma ação do Poder Legislativo Municipal, que segundo uma fonte do município deve apresentar nas próximas horas um novo pedido de afastamento do prefeito.

“Hoje o prefeito Clodoaldo Monteiro é o investigado número 1 em Acorizal”.

Até o fechamento da matéria, o prefeito Clodoaldo Monteiro não tinha sido localizado pela equipe de reportagem para falar sobre o assunto.

Fonte: Reportagem Especial