Notícias e Informações em tempo real dos municípios que compõem a região da Baixada Cuiabana
ORGULHO DA NOSSA TERRA E DA NOSSA GENTE

Com 70 anos de história, Neco Pinheiro comprova que é possível ter progresso na vida, trabalhando com honestidade.

Com 70 anos de uma história de dar orgulho, Neco é querido por todos os familiares, com uma trajetória que serve de exemplo para os mais novos

Redação: Notícias da Baixada | 29/09/2019 - 13:23
Com 70 anos de história, Neco Pinheiro comprova que é possível ter progresso na vida, trabalhando com honestidade.

Com 70 anos de história, Manoel Pinheiro da Silva comprova que é possível ter progresso na vida, trabalhando com honestidade.

No último dia 15 de setembro o Manoel Pinheiro, popularmente conhecido como Neco comprovou em seus relatos e a participação de amigos e familiares, que com trabalho e dedicação é possível vencer na vida com honestidade.

Nascido as margens do Rio Cuiabá, em 1949, na região da Vereda, em Santo Antônio de Leverger, Neco é de origem humilde, mas com muita educação, caráter e fartura, já que na época a família cultivava seus alimentos e contavam com a fartura de peixes do Rio Cuiabá.

“Neco juntamente com seus irmãos estudaram na Escola Estadual Leônidas de Matos” Neco cresceu pescando saicanga, lambari, pacupeva, chupando caju, bocaiuva, manga, teve uma infância simples, mas com tudo que a natureza pode proporcionar. Na adolescência, o trabalho duro na roça ao lado dos seus pais, talhou seu caráter e comportamento.

Com uma visão de futuro e cheio de sonhos na cabeça, Neco decide deixar Leverger para alçar seus primeiros voos, na época a família ficou receosa, mas sabiam que ele estava pronto para enfrentar as dificuldades da vida. Até hoje quando ocorre a enchente ele se joga ao rio na sua canoa relembrando os tempos de infância e para dar mais emoção a esse momento o fundo da sua casa se converte em um imenso lago.

Foi então que Neco decidiu ir morar na Capital, para a viagem, ele pescou e vendeu algumas peraputangas, pintados, cacharas, e pacus, além das poucas roupas na mala, Neco também levou de matula, uma penca de bananinha, três rapaduras de cera e um quilo de farinha de mandioca.

Ao chegar em Cuiabá, Neco procurou um velho amigo que constantemente ia pescar em Leverger, Dr. João, médico da SUCAN, e foi este amigo que arrumou o primeiro emprego para Neco, de vigia na lancha Aliança da SUCAN. “Para ganhar um dinheiro a mais, Neco ao mesmo tempo que cuidava da Lancha, pescava e vendia os peixes”.

Em poucos dias Neco deixou o cargo de vigia e passou a integrar outra equipe da SUCAN, percorrendo o estado todo para combater o mosquito da malária, o emprego na SUCAN estava bom, mas não era o objetivo de NECO, foi então quando ele conseguiu entrar na Empresa Vertical, especializada na área de energia elétrica, onde Neco se profissionalizou e buscou alcançar seu sonho, que era seguir carreira na Rede Cemat, hoje Energisa.

Desde quando entrou na CEMAT, Neco virou destaque pela sua dedicação e profissionalismo, desta forma, mais uma vez rodou boa parte de Mato Grosso, e foi em uma dessas missões, na cidade de Alto Paraguai, que conheceu dona Marize Lopes da Silva, o grande amor de sua vida.

Conquistar dona Marize foi talvez a missão mais difícil de sua vida, já que Neco era um rapaz vistoso, forte, atencioso, caridoso, as vezes fazia até alguns sacrifícios, o que fez de Neco um jovem cobiçado pelas mulheres”.

Com muita luta, Neco conseguiu conquistar o coração de dona Marize, com quem se casou e teve uma família com quatro filhos. Neco e dona Marize trabalharam muito, conseguiram educar os quatro filhos, e quando se aposentaram, como diz a letra da música “É em Leverger que se vive a vida”, Neco voltou para a Vereada, onde reúne toda sua família, hoje composta por filhos, noras, genros e netos.

O casal é muito religioso, devotos de: Nossa Senhora da Guia, São Benedito, São Bento, São Sebastião, Santo Antônio, que na época das festas religiosas, recebem as Bandeiras no seio familiar, que vem até à comunidade para esmolar.

Com 70 anos de uma história de dar orgulho, Neco é querido por todos os familiares, com uma trajetória que serve de exemplo para os mais novos. Neco e dona Marize são as prova vivas de que trabalhar com dedicação e honestidade é o melhor caminho para vencer na vida.

VEJA MAIS FOTOS


Fonte: Reportagem Especial / Lauro Nazário