Notícias e Informações em tempo real dos municípios que compõem a região da Baixada Cuiabana
BALDE DE ÁGUA FRIA

Em Leverger, "Pescador de ilusões" é surpreendido com a declaração de candidatura própria do PP

Redação: Notícias da Baixada | 17/07/2019 - 23:36

Mais uma reviravolta no cenário político de Santo Antônio de Leverger, município localizado cerca de 36km de Cuiabá, desta vez foram alguns integrantes do Partido Progressista (PP) que declararam que a sigla terá candidatura própria para disputar as eleições 2020, no município.

Com várias lideranças políticas da região dentro da sigla, o partido decidiu trabalhar para ter seu candidato disputando a Prefeitura de Leverger. Segundo informações dos filiados, o PP é hoje um dos principais partidos do estado e tem força suficiente para ser cabeça de chapa. “Hoje não somos situação e nem oposição a atual gestão do prefeito Valdir Castro Filho (PSD), pelo contrário, estamos trabalhando em um projeto que venha beneficiar diretamente a população de Leverger, estamos abertos para conversar, trocar ideias, desenvolver metas para o desenvolvimento do município, com o propósito de anteder o povo e não apenas projetos individuais”, disse um político de Leverger que está se filiando ao PP nos próximos dias, que pediu para não ser identificado, por enquanto.

Entre os nomes das lideranças do PP mais cogitados para uma possível pré-candidatura a Prefeitura de Leverger, está dos empresários Nicasso do Guaraná e Edgar Neto. O anuncio de candidatura própria do PP, para muitos já não era novidade, que já começam a trabalhar para buscar filiações, com o intuito de fortalecer ainda mais o partido na região.

Por outro lado, o anúncio de candidatura própria do PP foi um verdadeiro balde de água fria, para aqueles que esperavam uma coligação, para ter apoio do partido em uma possível disputa de cabeça de chapa. De acordo com informações de bastidores, uma liderança política do PSDB de Santo Antônio de Leverger, teria buscado apoio do PSB estadual, pedido uma intervenção ou aproximação com o PP no âmbito federal, para formar uma parceria, desta forma, “mataria dois coelhos com uma canetada só”, tiraria as possíveis lideranças políticas do PP da disputa e ainda conseguiria o apoio do PP municipal, estadual e federal, para as eleições 2020.

Pelo que tudo indica, o tiro saiu pela culatra, e a liderança política do PSDB levou um verdadeiro banho de água fria, em pelo período de inverno no centro-oeste. Em Leverger não se fala em outra coisa, essa liderança política está sendo comparada ao “pescador de ilusões”, já que estava em um grupo político solido e de oposição, que tinha projetos e objetivos para as eleições 2020, e saiu do grupo sem dar as devidas explicações.

Para complicar, o “pescador de ilusões” tentou manipular possíveis companheiros de coligação envolvendo o PSDB, PSB e PP, que foram mais espertos e decidiram lançar candidatura própria. Assim, o “pescador de ilusões” que vislumbrava pegar um dourado, ainda não conseguiu pegar nem um chúmchúm.

Fonte: Divulgação